24 de Fevereiro, 2022

SCMS inaugura o Espaço CAPAZ

A SCMS foi vencedora de candidatura ao Programa DLBC – Desenvolvimento Local de Base Comunitária – Gal Sintra Urban, e neste âmbito, desde maio de 2021, que implementou um novo projeto, nas instalações cedidas pela Autarquia à União Recreativa das Mercês – o Espaço Capaz, um Centro de Apoio ao Idoso. A U. R. das Mercês associou-se assim de forma significativa ao projeto, cooperando com a cedência de instalações, de equipamento e através da comparticipação de alguns custos.

O Espaço CAPAZ visa a capacitação da pessoa, prevenção da doença e promoção do envelhecimento ativo e inclusivo, através da manutenção de atividades diárias, vivência de relações interpessoais gratificantes, promoção da autonomia individual e do bem-estar físico e psicológico para a continuidade da vida ativa. Para tal, são prestados serviços nas áreas da saúde, intervenção social, animação e socialização.

Considerando as medidas de prevenção da pandemia, a inauguração oficial foi adiada e decorreu no dia 5 de fevereiro, contando com importantes parceiros com a Câmara Municipal de Sintra, representada pelo Vereador Eduardo Quinta Nova e com representantes da União Recreativa das Mercês. Estiveram igualmente presentes entidades locais parceiras, que têm colaborado na divulgação e sinalização de utentes, nomeadamente a Fundação Aga Khan, Cintramédica, Fisiosintra, Centro Social Paroquial de Algueirão Mem-Martins, Ser Alternativa e Café Maridalho. Participaram ainda duas alunas do Conservatório de Música de Sintra, que proporcionaram um agradável momento musical no início da cerimónia.

O Provedor da Instituição, Manuel Costa e Oliveira deu as boas vindas aos participantes e contextualizou a importância do projeto, “já que começamos a envelhecer, desde que nascemos”, e nesse sentido incentivou a vida ativa e digna após a reforma. Agradeceu a presença dos parceiros, enaltecendo o excelente contributo em prol da comunidade.

Opinião convergente com uma das coordenadoras do projeto, Isabel Castelo que referiu que “o projeto abraça um novo paradigma, que se dissocia de uma conceção de velhice assente na inação, na perda de competências e de utilidade. A sociedade do futuro estará mais envelhecida, pelo que os cidadãos mais velhos deverão manter a sua importância e atividade para o bem comum de todos. Estarmos mais velhos, viver mais para além da reforma, não pode significar ter mais gente inativa, isolada, a entristecer e a perder competências. A velhice, também ela em transformação, é uma etapa do ciclo de vida que, tal como as anteriores, traz desafios, mas também oportunidades. O nosso projeto atua aqui, acrescentou. “Na mudança de paradigma, na mudança na perceção dos papéis sociais. Vamos ao encontro das necessidades fundamentais em todas as fases da vida: saúde (física e mental, em pé de igualdade), atividade, socialização e acesso à cultura. Ainda, damos apoio e também ferramentas para sejam autónomos num mundo digital e para que contribuam ativamente e participem na comunidade.”

Entre as várias intervenções dos participantes, destacamos ainda as felicitações por parte do Vereador Quinta Nova, que realçou a importância desta resposta social comunitária, que “se diferencia, porque promove a capacitação dos idosos, a reabilitação motora e cognitiva, prolonga a sua autonomia e tem um aspeto fundamental, fomenta a liberdade na decisão e participação dos idosos (…)”.

Também a Diretora Geral da instituição, Paula Pinto, salientou “que estava de coração cheio e orgulhosa dos resultados”, pelos testemunhos de satisfação dos utentes e por sentir a transformação e melhoria na vida dos utentes.

A inauguração incluiu ainda a apresentação de um vídeo com as atividades de animação e socialização já realizadas, e a entrega de prémios aos utentes participantes/vencedores de um concurso de artes plásticas, realizado no Natal. Foram ainda proferidos testemunhos de alguns utentes, que muito nos sensibilizaram, pois afirmaram que estavam muito mais felizes desde que se inscreveram no Espaço Capaz, e reconheceram o “trabalho meritório que aqui se faz”.

Razões mais do que suficientes para que, eventualmente, tal como foi sugerido à instituição, o projeto seja replicado em novas localidades do Concelho de Sintra.

Veja mais fotos do Espaço CAPAZ em nosso Facebook.

Partilhar

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Pinterest
Email

Mais Notícias

6 de Setembro, 2022

Prémio Boas Práticas em Psicologia

praia capaz
26 de Julho, 2022

Praia no Capaz

26 de Julho, 2022

Ajude a Ajudar